Cardápio: Shimeji na manteiga

Foto: Ananda Almeida

Da família dos cogumelos, o shimeji tem alto valor nutricional em poucas calorias. Ele é fonte pouco gordurosa de proteínas e provoca sensação de saciedade, além de estudos mostrarem sua eficácia na prevenção do câncer e do colesterol.

Apesar de a receita servida nos restaurantes não ser light e levar manteiga, é boa notícia para os frequentadores de rodízio de japonês, onde o shimeji costuma ser o carro-chefe das opções quentes. Já quem gosta de preparar as receitas em casa também tem motivo para se animar. Diferentemente do que acontece com sashimis, temakis, hot rolls etc, não é preciso ser um sushi man ou correr até a Liberdade a fim de comprar ingredientes estrambóticos. Além do shimeji, a receita leva apenas shoyu, sake, manteiga e cebolinha.

Ingredientes:

Ilustração: Renato Marcel Ribeiro

  • 2 porções de shimeji
  • shoyu light quanto baste
  • mirin (sake licoroso)
  • 2 colheres de sopa de manteiga sem sal
  • cebolinha

Modo de fazer:

O shimeji normalmente vem em um único bloco, então é preciso desmembrá-lo e lavá-lo. A parte dura da base deve ser descartada. Feito isso, seque bem as hastes.

Em uma frigideira, derreta a manteiga e  acrescente o shimeji. Adicione o mirin e refogue até que o shimeji esteja mais macio. O mirin é adocicado e, portanto, pode ser colocado de acordo com o gosto.Por fim, quando o shimeji tiver absorvido bastante o sabor, acrescente o shoyu. Recomenda-se o shoyu light pois ele é menos salgado.

Finalize com a cebolinha e pronto! Sirva-se e aproveite!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s